O diário provocante da Vic PARTE 3 – Provocando o padrasto na piscina

O diário provocante da Vic PARTE 3 – Provocando o padrasto na piscina

O DIARIO PROVOCANTE DA VIC.

PARTE 3 – PROVOCANDO MEU PADASTRO NA PISCINA.

Temos o costume de sempre ir ao clube ao mesmo uma vez no mês, as vamos somente para almoçar, vou contar agora a primeira vez que provoquei meu padrasto na piscina, nesse dia minha tanto minha mãe e irmã estavam menstruada e não poderiam tomar banho na piscina. Eu já saia de casa vestida no biquíni, apenas com uma bermudinha e a parte de cima a mostra do biquíni, chegando no clube convidei minha irmã para dar uma volta e tirar fotos, coisa que nos duas adoramos, depois do rolê, fui pra piscina e como minha irmã não queria entrar pedi que ela chamasse meu padrasto para me acompanhar, é muito chato ficar sozinha em piscina.

A piscina é um pouco afastada da área social do clube, e em pouco tempo depois lá vem meu padrasto, vestindo uma sunga branca com detalhes vermelhos do lado e um belo volume na frente rsrsrs… Na minha cabeça já tinha planejado em brincar com ele, queria passar entre as pernas dele e ele entre as minhas por baixo d’água. Ele veio, deu um mergulho e depois sentou-se a borda da piscina, fui andando em direção a ele o encarando e ele também em mim, cheguei mais perto e fiquei apoiada e suas pernas, no meio dele, de frente para aquele cacete desejado por mim, fitei o olho na sua cueca, ele pegou em meu queixo, levantou minha cabeça e perguntou:

– O que esta olhando filha?

Fiquei sem resposta, me afastei e dei um mergulho, depois o chamei para me levar na parte mais funda da piscina. Fomos e depois apostamos quem chegava na outra borda primeiro, ele com certeza ganhou a aposta, nisso peço pra ele abrir bem as pernas que eu iria mergulhar e passar entre ela. Ele abriu, dei um mergulho, com os olhos aberto dentro dagua, tento passar entre suas pernas, na primeira tentativa fui de proposito com o rosto bem certo com seu cacete, bati com a boca nele, ele num susto recuou, rsrsrs soltamos um riso, e ele disse que eu tinha falhado na tentativa, assim pedi outra chance. Na segunda vez fiz certinho, mas não resisti e acabei levando uma das mãos no pau do padrasto que naquela altura estava bem rígido. Ele fingiu não ter acontecido nada.

Chegou a vez dele passar entre minhas pernas, ele safadamente passou lentamente por entre minhas pernas e com a cabeça ficou esfregando minha buceta, acabei que me contorci de prazer com aquilo prendendo sua cabeça por uns instantes entre minhas pernas, até que ele passou por completo. Por pouco minha irmã nos flagra, ele veio trazer o protetor solar e o óleo bronzeador que nossa mãe mandou.

continua depois da publicidade

Me entregou e depois retornou pra mesa. Saímos da piscina e pedi que Caio passasse em mim, primeiro ele passou nas minhas costas, eu aproveitei e fui encostando meu bumbum dando toques sutis em seu cacete, em instantes senti algo rígido, dei uma olhadinha para baixo e vejo o cacete dele bem ereto dentro da sunga, fiz que não vi, ele então terminou e pediu pra eu retribuir e passar na costa dele também, o que fiz com muito gosto. Depois passei pelo peito dele, na barriga, olhava para sunga e lá estava aquela mostra de pica rígida e eu louquinha pra cair de boca nela.

Depois de um tempo fomos almoçar, passando o almoço retornei pra piscina junto com ele. Peguei uma cadeira de praia e fui pegar sol, deitei de bumbum pra cima e pedi pra ele passar óleo bronzeador nas minhas pernas e costas. Ele me pegava de um jeito muito gostoso, alisando carinhosamente meu corpo, tipo uma massagem tântrica. Abri bem as pernas, seus toques sutis e voluntários ou não com seus dedinhos próximo da minha buceta me deixava em êxtase. Pedi pra ele passar no bumbum também, aquilo estava me deixando de louca de tesão.

Olho para o lado e vejo ele agachado e como seu cacete esta bem destacado dentro da sunga, tento alcança-lo involuntariamente, mas meus braços curtos não alcança. Nisso minha mãe chega e interrompe minha deliciosa sessão de massagem… Ela o chamou para dançar, ele hesitou-se em levantar naquele momento pois obviamente seu cacete duro lhe entregaria. Passaram uns minutinhos conversando e foram pra pista de dança. E ele novamente me deixou só no gostinho, eu completamente meladinha e com vontade de gozar gostoso.

Nem sempre dava pra atiçar meu padrasto no clube, mas eu não perdia nenhuma oportunidade.

Beijos da VIC, até a próxima.

2 comentários sobre “O diário provocante da Vic PARTE 3 – Provocando o padrasto na piscina

Deixe um comentário


Online porn video at mobile phone